Raízes na cultura afro-brasileira

cabideiro-angola-alta

A galinha d’angola tem forte identidade nas cerimônias e na mitologia da criação do universo religioso do Candomblé. Nativa da África e trazida ao Brasil na época da escravidão, ela representa equilíbrio pessoal e muito axé para todos os povos. Nas terras tupiniquins, ela é conhecida como galinhola, angolinha, pintada ou guiné. Na decoração ela também ganhou espaço e pode divertir os ambientes com suas cores alegres cheias de simbolismo. A loja Gabinete de Curiosidades traz uma coleção de objetos e acessórios inspirados nestas pequenas. O cabide de madeira e ferro (foto), mede 14 x 30 cm, à venda por 40 reais. Rua Iaiá, 74, Itaim Bibi – São Paulo. Mais informações: no site www.gabinetedecuriosidades.net ou  telefax : 55 11 3073 – 0239.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: